10 coisas que aprendemos no Connect 2017

Com um público de duas mil pessoas, o evento Connect 2017 trabalhou a importância da criatividade e a profissão empreendedora. Nesta edição, os palestrantes Marcos Piangers e Caco Barcellos deram dicas valiosas para os empreendedores da micro e pequena empresa de Joinville e região.

Perdeu as palestras? Não tem problema, preparamos algumas dicas importantíssimas. E lembre-se, você precisa executá-las!

1 – É imprescindível organizar as ideias.
Coloque suas ideias no papel, teste-as e empenhe-se em localizar o seu lugar no mercado. Construa, avalie e teste suas ideais, busque validá-las com o público-alvo. Lembre-se esses resultados podem ser a diferença de você acertar ou ficar andando em círculos.

2 – Assumir riscos.
Empreender é uma atividade de risco e é preciso coragem para assumir e enfrentar as dificuldades do dia a dia. Mas é preciso confiar no seu negócio e arriscar.

3 – O ambiente onde você está inserido faz a diferença.
Ideias inspiradoras e criativas tendem a surgir em um ambiente que preza pelo bom humor. Seriedade e leveza andam juntos nos negócios.

4 – Pensar fora da Caixa.
Exercite o seu “músculo” da criatividade, ele tem que estar pronto para qualquer situação. As grandes ideias não surgem do nada, elas acontecem por conta do seu preparo e esforço. Desapegue-se dos velhos padrões.

5 – Crescer na crise.
O verdadeiro empreendedor não pode desperdiçar uma crise. Ela é o momento perfeito para repensar seu negócio e empreender assertivamente.

6 – Persistir e Inovar.
É importante que todos os profissionais, independentemente da atividade que realizam, tenham como fundamento a inovação e a persistência para se diferenciar no mercado de trabalho.

7 – Descomplicar a criatividade.
A criatividade é uma característica empreendedora essencial e que todos possuímos. Seja criativo não somente no sentido de criar algo diferente, mas também de encontrar soluções simples para problemas complexos.

8 – Fazer negócios em qualquer lugar.
Esteja preparado para fazer negócios a todo momento. Tenha sempre à mão seu cartão de visitas, novos negócios estão onde menos imaginamos.

9 – O melhor lugar é aqui.
O Brasil é muito bem-visto pelos gringos, mas nós não valorizamos nossa cultura e nosso potencial. Precisamos ser mais “bairristas” e orgulhosos. Encarar os bons e inúmeros aspectos positivos do nosso país e utilizá-los ao nosso favor.

10 – Planejar o presente.
Ao acordar perguntar-se: Aonde eu vou, quem vou encontrar e como vou reagir. Planejamento é uma prática diária.