Ajorpeme e Instituto Ajorpeme empossam novas diretorias

A Associação de Joinville e Região da Pequena, Micro e Média Empresa (Ajorpeme) e o Instituto Ajorpeme, responsável pelas ações sociais da entidade, empossaram as novas diretorias, os conselhos deliberativos e os núcleos na noite desta quinta-feira (22/1). Durante a 31ª assembléia geral ordinária da associação, também foram apresentados os balanços financeiros de 2014 da Ajorpeme e do Instituto, com a aprovação das contas das duas gestões pelos respectivos conselhos fiscais.

Silvana Fioravanti, proprietária da Spin International Support, empresa do ramo de traduções e missões empresariais, e parceira na empresa Lena Souza & Silvana Fioravanti Treinamentos e Palestras, assumiu a presidência da associação no lugar de Rosi Dedekind.  Vanderlei Gonçalves de Assis, sócio-diretor da Metalúrgica Assis, substitui Joceli Moreira no comando do Instituto. As eleições, em chapas de consenso, foram realizadas no dia 27 de novembro.

Renovação anual

Em seu discurso, Silvana Fioravanti destacou o sucesso da renovação anual que ocorre no comando da Ajorpeme, uma sistemática que muitos não compreendem, “mas que funciona há 30 anos”. Ela lembrou que o “bichinho do associativismo” a picou em 2008, quando entrou na entidade e encontrou um ambiente de acolhimento.

“Para mim, isso é o associativismo. É juntar forças para um ideal comum. E ao lutarmos todos por um objetivo, as forças ficam mais fortes e os laços entre as pessoas também, e daí a luta também ganha força. Enfim, forma-se uma bola de neve do bem”, afirmou Silvana.

A nova presidente da Ajorpeme falou das expectativas para o ano em que estará à frente da associação. “Muito está sendo falado sobre 2015. Já começamos o ano enfrentando dificuldades: crise energética, falta de infraestrutura, escassez de crédito, aumento da carga tributária, meta de inflação para o primeiro semestre de 6% e projeção de um PIB ínfimo de 0,3%”, listou, para acrescentar que a entidade não ficará de braços cruzados diante de tudo isso.

Silvana lembrou que o papel da Ajorpeme é cobrar ações dos responsáveis e voltou a destacar a importância da união para fazer valer o direito ao tratamento justo e diferenciado às micro, pequenas e médias empresas e aos empreendedores individuais, como a atualização da tabela do Simples. Para enfrentar 2015 de frente, ela conclamou a diretoria, o Instituto Ajorpeme, os conselhos e os núcleos a estarem juntos nesta luta.

Representatividade e produtividade

Uma das metas da presidente é aumentar o número de associados, elevando a representatividade. Outra linha forte de trabalho é auxiliar as empresas associadas a se tornarem mais produtivas. Sobre isso, ela fez comparações entre o País e os Estados Unidos: “A produtividade no Brasil, em geral, é bastante baixa. Em alguns casos, precisamos de quatro pessoas para fazer o que uma pessoa faz nos EUA. É chegada a hora de olharmos seriamente para esse assunto e agirmos para sua melhoria.”

Até 2017, uma das bandeiras da Ajorpeme é tornar-se referência em serviços, informou Silvana. “Queremos ser aquela associação que, quando o associado precisar de algo – seja de um convênio para seus colaboradores, uma orientação sobre algum assunto específico, aumentar sua rede de contatos, fazer negócios ou ir a eventos interessantes , ele pense primeiramente na Ajorpeme e a tenha  como referência.”

Também garantiu que continuará – com o apoio de sua equipe, dos conselhos, dos núcleos e do Instituto Ajorpeme – a se envolver e participar dos assuntos de Joinville, como segurança, Conselho das Cidades, Condema e Comitê de Desburocratização. “Sempre pensando no crescimento e na qualidade de vida dos joinvilenses e dos associados.”

Rosi Dedekind: dever cumprido

Ao se despedir da presidência “da maior associação de micro, pequenas e médias empresas da America Latina”, Rosi Dedekind disse que o fazia com o sentimento de dever cumprido. Ela agradeceu a confiança de todos que acreditaram em sua capacidade.

A ex-presidente lembrou que 2014 foi especial, marcado por muitas comemorações pelos 30 anos da Ajorpeme. Foi também um ano de muito trabalho e de muitas vitórias para o movimento das MPEs e dos empreendedores individuais.

Citou como exemplo a aprovação da lei complementar 147/2014, que trouxe inovações à lei do Super Simples, após um trabalho intenso e de diversas negociações. A Ajorpeme esteve em muitas sessões da Câmara dos Deputados e Senado, em Brasília, “onde o apoio, a dedicação e a persistência do ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, e sua equipe foram fundamentais”.

Outra ação de destaque citada por Rosi foi a participação no Fórum Nacional da Microempresa, tendo a Ajorpeme dois grupos de trabalho sob sua responsabilidade. Foi também o ano em que o governador Raimundo Colombo assinou, em Joinville, o Estatuto Estadual da Microempresa e Empreendedores Individuais.

Momentos importantes

Outros momentos importantes para as micro e pequenas empresas foram a assinatura pelo prefeito Udo Döhler da lei complementar  414/2014, que simplifica os processos de concessão do alvará de licença e localização; da lei complementar 407/2014, das feiras de negócios; e da nova lei regulamentando as feiras de varejo.

A Ajorpeme também participou ativamente de lutas importantes da cidade, como a defesa do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, as discussões da Lei de Ordenamento Territorial (LOT) e as reuniões do Comitê de Segurança de Joinville e Região, entre tantas outras ações.

“Todo esse trabalho não seria possível se nós não pudéssemos contar com o apoio irrestrito dos nossos colaboradores, que todos os dias nos dão suporte e subsídios para que possamos levar a Ajorpeme a cumprir o seu papel de buscar o tratamento justo e diferenciado aos grandes empresários das micro, às pequenas e médias empresas e aos empreendedores individuais”, agradeceu Rosi.

Instituto Ajorpeme

O sócio-diretor da Metalúrgica Assis, Vanderlei Gonçalves de Assis, foi empossado como presidente do Instituto Ajorpeme, em substituição a Joceli Moreira. Ele afirmou que vai continuar o importante trabalho que vem sendo feito pelo instituto, que é cuidar da base: as crianças e os adolescentes, aproveitando a estrutura já existente na cidade para apoiar e treinar.

“ Vemos um país com muitas dificuldades, burocrático, mesmo para quem quer fazer o bem. Mas temos um poder muito grande em nossas mãos, porque juntos conseguimos fazer as mudanças necessárias. Se não treinarmos nossos jovens e fazê-los ter responsabilidade e ética, não haverá mão de obra qualificada. Vou trabalhar para fortalecer as indústrias, o comércio, enfim, as empresas em geral. Vou dar o melhor de mim”, disse Vanderlei.

Joceli Moreira agradeceu o apoio que recebeu em sua gestão no Instituto Ajorpeme em 2014, tendo sempre como foco o lema “educando para a sustentabilidade”. Um dos grandes desafios foi resolver a polêmica envolvendo o convênio com os Centros de Educação Infantil (CEIs) da Prefeitura.  Ela disse entregar o cargo com a sensação de dever cumprido. “Fiz o meu melhor”, afirmou.

Posse festiva no dia 5 de fevereiro

Para o dia 5 de fevereiro (quinta-feira) está agendada a posse festiva das novas diretorias da Ajorpeme e do instituto, com jantar por adesão, na Expoville, a partir das 20 horas. O valor da adesão é de R$ 80,00 para associados e de R$ 120,00 para não associados. Interessados devem procurar a Ajorpeme com antecedência, na rua Urussanga, 292, bairro Bucarein, ou fazer contato pelo telefone  2101-4100 e e-mail eventos@ajorpeme.com.br. Não haverá venda no local do evento.

DIRETORIA AJORPEME 2015

Silvana Engelbrecht Fioravanti – Presidente
Daniel Henrique Moreira – Vice-Presidente de Relações Institucionais
Márcio Espindola – Vice-Presidente Administrativo/Financeiro
Celio Valcanaia – Vice-Presidente Comercial/Comunicação e Relacionamento com o Associado
Victor Kochella – Vice-Presidente Núcleos/Negócios
Sheila Poerner Farias – Vice-Presidente Uniajo e Inovação
Carlos Eduardo de Souza – Vice-Presidente de Eventos
Adael dos Santos – Diretor Administrativo
Ademir Stepanavicius Martinez Gomes – Diretor Financeiro
Eduardo Marques Borba – Diretor de Inovação
Andreas Marcelo Boebel – Diretor Comercial
Fábio Luiz Nunes – Diretor de Comunicação
Cintia Ebert Huang – Diretora de Núcleos
Monique Amin Ghanem – Diretora de Negócios
Luciana Assad Rupp – Diretora de Projetos
Tercilio Stedile Junior – Diretor de Relacionamento com Associado
Lucimar José dos Santos – Diretor de Eventos
Ronny Maurício Janssens – Diretor da Uniajo

DIRETORIA INSTITUTO AJORPEME

Vanderlei Gonçalves de Assis – Presidente
Joceli Moreira – Vice-Presidente
Luiz Fernando Oliveira – Diretor Administrativo
Eliane Voigt Pagano – Diretor Financeiro
Adriane Rosane Muckler – Diretor Financeiro Adjunto

26/01/2015