Ajorpeme sugere adaptações na proposta de Lei apresentada pela vereadora Tânia Larson

O presidente da Associação de Joinville e Região da Pequena, Micro e Média Empresa – Ajorpeme, Victor Kochella esteve em reunião com a vereadora Tânia Larson nesta terça-feira, 30, para solicitar alterações no projeto de lei que obriga a disponibilidade de assistir ao vivo pela internet, gravação e armazenamento por 30 dias aos pet shops da cidade diminuindo a burocracia para o empreendedor mas garantindo a segurança e transparência no atendimento dos pets.

O entendimento da entidade é de que o poder público crie leis para incentivar o empreendedorismo na cidade. A primeira proposta onerava financeiramente as empresas do segmento e com a nova redação que, segundo a vereadora, será protocolada ainda pela manhã desta quarta-feira, aplica a Lei 123 dando tratamento justo e diferenciado para as micros empresas, dando a possibilidade de, ao se instalar na cidade, ter o prazo de 1 ano para promover as adaptações sem necessariamente onerar o empreendedor, dando outras opções para atender a legislação e preservar a integridade dos pet.

Segundo o presidente Victor, a abertura da vereadora em conversar antes da tramitação para aprovação do projeto de Lei foi fundamental para construir uma redação que beneficia tanto a sociedade quanto o empreendedor. “Estamos à disposição de todos os vereadores para ajudar a pensar e estudar propostas de Leis para o município que incentivem o empreendedorismo na cidade”, destaca.