Alerta – Golpe do Envelope Vazio

A Ajorpeme alerta seus associados e empresários da Micro e Pequena Empresa sobre o golpe do envelope vazio que está sendo realizado na cidade. Temos relato de associados que já foram abordados por estes golpistas.

Ele também é conhecido como o golpe do falso depósito. O golpista entra em contato com a empresa e diz ter feito um depósito errado na conta da empresa, num valor alto, diz para o empresário verificar no extrato, aparece lá, e pede para ser ressarcido o mais rápido possível. Na verdade ele foi ao banco e fez um depósito com envelope vazio, o banco registrou e tem um tempo para estornar o valor. Neste tempo, o golpista faz pressão pedindo o pagamento e muitas vezes o empresário cai.

Além desta modalidade de estelionato, existe outro onde o golpista liga para a empresa e demonstra interesse em comprar o produto e se propõe em fazer o pagamento através de depósito bancário. Ele então vai até o banco, normalmente após o horário comercial, faz um depósito sem colocar nenhum dinheiro dentro do envelope e obtém o comprovante do depósito. Retorna ao local onde a vítima estava e mostrando o comprovante a ela retira a mercadoria.

A Ajorpeme orienta que o empresário fique atento, pois o estelionatário se vale do fim do expediente bancário para enganar as vítimas. Lembramos também que no caso de depósitos em dinheiro, é preciso aguardar o próximo dia útil e verificar a confirmação junto ao banco. Para cheques, apenas depois que for compensado e estar disponível em sua conta.

Atenção!

O comprovante de depósito em caixas eletrônicos (através de envelope) só é validado após a conferência por parte de um funcionário do banco. Por isso, antes de aceitar o ticket como comprovante, é necessário que o empresário confira a sua conta bancária para ver se o depósito foi validado.

Por regra, as agências começam a processar os depósitos feitos em envelopes nos caixas eletrônicos depois das 16h. Algumas agências processam os depósitos em horários alternados durante o expediente, mas isso depende do fluxo e do tamanho da agência.

Enquanto o depósito não é confirmado, aparece no extrato a mensagem “sujeito à confirmação”. Quando está confirmado, com o valor já conferido pelo banco, a quantia aparece como “disponível para saque”.

Solicite sempre que o pagamento seja realizado no mesmo momento em que será entregue o produto ou serviço contratado, ou peça para que o depósito seja feito na ‘boca’ do caixa. O envelope nada mais é do que uma expectativa de um pagamento. Outra forma de evitar é solicitar que o comprador faça um DOC ou TED, mesmo tendo um custo maior e aguarde a confirmação do dinheiro cair na sua conta, para daí enviar o produto.

Não seja inocente e sempre duvide de ofertas muito boas para seus produtos e/ou serviços. A cautela garantirá que você fará o melhor negócio possível.

02/11/2015