Fazer o dever de casa!

Quadrilha de São Paulo fortemente armada, que invadem condomínios residenciais em busca de objetos de valor como joias, relógios, objetos pessoais como perfumes e roupas de marcas.

Quadrilhas do Paraná, entrando em residências nos horários comerciais, em busca de objetos de valores.

Quadrilha do Rio Grande do Sul, com uma marreta arrebentam portas ou vitrines de vidro e com muita rapidez entram em lojas de roupas e sapatos de marcas, relojoarias e óticas, bancos.

O que eles tem em comum? Joinville. Isto mesmo, nossa cidade tem sido alvo de meliantes que vem para nossa cidade, durante o dia, pesquisam, buscam informações, conseguem nomes, telefones, e com muita facilidade praticam crimes, e a noite ou no dia seguinte, retornam para suas cidades.

Sem endereço em Joinville, sem vínculo com moradores, sem conhecidos, sem telefones na cidade, praticam diversos crimes e somem.

E nós o que poderemos fazer?

Mudança de hábitos, urgentemente. Sim, se nossa cidade virou alvo, temos que mudar, ou nosso futuro estará comprometido.

Buscar no poder público a ajuda será necessário, mas não poderemos permanecer de braços cruzados, achando que só ocorre com o outro.

Estes crimes estão cada vez mais próximos de nós.

Adriana G. Borges

Presidente do Núcleo de Segurança