Perfil do Profissional do Futuro é tema de palestra da Uniajo

A chamada Quarta Revolução Industrial chegou com a robótica avançada, automação no transporte, inteligência artificial e aprendizagem automática.
Novas profissões estão surgindo e outras desaparecendo, com isso a flexibilidade e a adaptabilidade ganham muita importância no contexto profissional.


O Fórum Econômico Mundial trouxe num relatório publicado em janeiro de 2016, as 10 habilidades que todo profissional vai precisar até 2020, em maior ou menor escala, para ter sucesso no trabalho. A Universidade Corporativa Ajorpeme, pensando em preparar os empresários da micro e pequena empresa, assume o compromisso de trazer mês a mês, a partir de fevereiro essas habilidades por meio de palestras e treinamentos.

Fazendo parte do cronograma da Uniajo, o mês de fevereiro foi baseado em gestão de pessoas e trouxe o consultor Adeildo Nascimento para falar sobre os modelos mentais do passado e da necessidade de transformação que os profissionais estão e precisão passar.

Prendendo a atenção de todos, com uma palestra que fala muito das gerações e suas criações, Adeildo falou como se preparar para estas mudanças. “Paixão pelo que faz, propósito de vida e vocação, são fundamentais para o sucesso de qualquer pessoa, seja na sua vida pessoal, quando no trabalho”, destaca.

Em sua palestra ficou muito evidente que no futuro, quase presente a reputação digital valerá mais que o currículo. Potencializar as qualidades, cuidar do que posta, certificar-se da credibilidade das informações compartilhadas, são comportamentos básicos para usar as redes sociais a seu favor. Outra prática valorizada é a colaboração virtual, ou seja, compartilhar o conhecimento online, seja por meio de postagens, artigos, vídeo ou fotos (igual as crianças ao jogar minecraft- jogo colaborativo).

A inovação não está necessariamente ligada à tecnologia. Adeildo reforça que o profissional pode fazer mais com menos, ser mais produtivo e facilitar processos. Por isso, é importante estar antenado às novas ferramentas e saber utilizá-las para facilitar o trabalho e, assim, trazer resultados para a empresa.

É preciso ter a humildade de reconhecer que o que você já sabe não faz mais sentido. A única certeza que temos é que tudo vai mudar por isso a flexibilidade e adaptabilidade ganham tanta importância no contexto profissional.

Adeildo finaliza sua palestra com esta mensagem: “O futuro aguarda robôs que irão imitar gente, não gente que imite robô.” Pense nisso e seja resiliente.