Sua empresa já está interagindo com a Internet Industrial 4.0?

Aprimorando o debate em relação as questões que envolvem as novas tecnologias digitais que contribuirão para ampliar a produtividade e alterações nas formas de negócios, o fundador e presidente da Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII) e da Pollux, Sr. José Rizzo, participa da plenária que será realizada na Ajorpeme, no dia 12 de junho, às 19h.

Quer saber mais do assunto. Confira a matéria de capa da Revista Mundo MPE – Viver e Empreender.Você já parou para pensar o que mudou na forma de trabalhar e no seu dia a dia nos últimos 25 anos? A resposta é simples: “quase tudo”. Pouco a pouco, sem que você ou eu percebêssemos, a internet vem tomando conta de nossas vidas.

Em todo o mundo, as pessoas já estão conectadas. Agora, imagine uma realidade em que as máquinas e outros objetos também consigam se comunicar. Isso não é mais uma simples ideia futurística, mas uma tendência criada com o surgimento da Internet Industrial 4.0, que vem cada vez mais ganhando forma.

Segundo o empresário José Rizzo Hahn Filho, fundador e presidente da Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII) e fundador da Pollux, empresa que atua no segmento de robôs em Joinville, estamos diante de uma força avassaladora, de novas tecnologias que vão mudar completamente o mundo. Por exemplo, a Universidade de Washington fez uma pesquisa apontando que, daqui a dez anos, 40% das empresas que hoje são consideradas maiores dos Estados Unidos não vão existir mais. Estamos falando de uma série de tecnologias que vão mudar radicalmente.

E nesta velocidade podemos perceber que o modelo usado para empreender nos dias de hoje certamente não será o mesmo modelo de negócios, do produto e do serviço do amanhã.

Muitas profissões deixarão de existir, mas teremos inúmeras novas oportunidades. Estas mudanças já são observadas ao analisar modelos de negócios em empresas que não existiriam se a tecnologia digital não evoluísse como o Uber, Google, Facebook, Amazon, WhatsApp, entre outros. A Internet Industrial 4.0 já começou e é impulsionada por inovações como internet das coisas, robótica, inteligência artificial e impressão 3D.

O que precisamos hoje é de profissionais criativos, com agilidade e conhecimento sobre tecnologias digitais. “O desafio é muito grande e o empreendedor tem que entender a dinâmica destas transformações para não ser levado por ela. O empresário deve modificar sua forma de trabalhar e buscar novas oportunidades no seu nicho de mercado. Sair na frente. Repensar os negócios de forma que a tecnologia conecte suas estratégias, processos e pessoas”, destaca.

Agora você deve estar pensando

Minha empresa, de pequeno porte, está preparada para esta mudança? Se você está buscando formas inovadoras e competitivas de se expandir no mercado atual e investindo em ferramentas que auxiliam no gerenciamento dos dados que seus clientes lhe fornece, está preparada sim. Então, aproveite as possibilidades que as tecnologias nos dão para alavancar o seu negócio!Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII)
Joinville é a sede da Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII) que tem como objetivo reunir empresas distintas para criar soluções tecnológicas integradas e inovadoras para problemas da sociedade, como trânsito, redução de desperdícios, automação das fábricas e intercâmbio tecnológico com parceiros internacionais. “Este polo tem tudo para fazer de Joinville uma cidade de destaque dentro do conceito da internet industrial e que é puramente inovação”, destaca o presidente da Associação, Rizzo.

O foco da ABII é gerar conteúdo para alertar os empreendedores de que essa mudança, diferente do que houve no passado, será muito rápida e quanto antes eles se movimentarem, maior é a chance de adaptar o negócio dele para suportar o ataque dessas empresas que farão a ruptura ou ele se tornar uma empresa disruptiva.
A criação da Associação Brasileira de Internet Industrial foi inspirada no Consórcio de Internet Industrial (IIC, na sigla em ingês), implantado em 2014 nos Estados Unidos pela AT&T, IBM, GE e Intel, e do qual a Pollux Automation de Joinville é uma das duas empresas brasileiras presentes. O consórcio, que tem a mesma finalidade que a ABII, já conta com cerca de 250 associados de mais de 30 países.

Waze é um exemplo desta evolução

Quer ver como a internet industrial 4.0 está mais perto do que você imagina. O aplicativo Waze utilizado nos celulares é um exemplo. Este App funciona por meio de sensores em que os usuários podem compartilhar informações sobre o tráfego e se o trajeto escolhido está fluindo, alertando sobre possíveis acidentes e radares espalhados pelo trecho, além de contar com uma “comunidade” conectada compartilhando suas experiências no trânsito.

Confira a revista na íntegra aqui.

Faça sua inscrição na plenária: