Você está otimista com 2019?

Na minha posição de empreendedor, é necessário que eu seja uma pessoa otimista. Afinal de contas, se não fosse, como teria passado pelo conturbado cenário político e econômico que o Brasil enfrentou nos últimos anos? Como teria motivação para seguir adiante?

Independente da sua preferência política, é muito claro que ao final de 2018, após as eleições, o mercado ficou mais otimista, os empreendedores voltaram a pensar em investir e os consumidores a gastar. O que demonstra uma grande evolução que, automaticamente, eleva a atividade econômica.

Mas não podemos nos iludir. Estou otimista, mas é preciso ser realista, analisar e planejar muito bem as nossas ações. É essa capacidade de planejamento que interfere diretamente nos resultados. Nosso planejamento empresarial e pessoal sofreu nos últimos anos grande interferência do mundo político. Recentemente, afirmei que nós, empreendedores, esperamos que os políticos parem de atrapalhar os negócios. Quis dizer com isso que o mundo político precisa deixar o livre mercado e as leis de oferta e demanda regularem as atividades. Situação normal em uma economia liberal, mas que vimos agir de forma contrária, com o Estado cada vez maior. Hoje, tornar esse Estado menor, mais barato e mais eficiente, é um grande desafio.

O que precisamos é participar dessa mudança. Isso começa pelo nosso bairro, nossa Joinville, nossa Santa Catarina e nosso país. Temos que participar e auxiliar os políticos eleitos nas conquistas e mudanças que tanto queremos. Isso não será nada fácil, já que os benefícios que foram disponibilizados não podem ser simplesmente cortados, as reformas que precisam ser realizadas terão grande impacto em diversos grupos que são extremamente organizados e que lutarão para que elas não aconteçam. Ou seja, a nossa participação ativa na política dará legitimidade e força para que aqueles que foram eleitos deem o resultado que esperamos.

Autor: Fernando Bade, presidente da Ajorpeme gestão 2019